A importância da política para o mercado financeiro

Você sabe por que a política é decisiva para o mercado financeiro e como esses dois mundos se relacionam? Mais do que apenas realizar uma gestão patrimonial, o mercado financeiro também busca administrar riscos potenciais a investimentos visados. Nesse sentido, a administração de patrimônios também requer um bom conhecimento sobre política.


As decisões tomadas no cenário político impactam o cotidiano das pessoas, alterando o mercado e suas variáveis.


Portanto, a política é intimamente ligada ao mercado financeiro. E entender mais sobre esse cenário é indispensável para que suas decisões sejam mais assertivas.


Como a política interfere no mercado financeiro?


Todas as decisões em relação a administração de ativos devem considerar o cenário macroeconômico e o cenário regional. Isso porque as decisões políticas exercem influência direta em fatores como:

  • Taxas de juros praticadas pelo mercado;

  • Inflação;

  • Educação;

  • Emprego;

  • Infraestrutura.

Portanto, fazer investimentos, comprar ou vender imóveis e até mesmo decisões a respeito da gestão de empresas devem considerar o cenário político.


Quando o cenário é de muitas incertezas, é comum que se adote uma postura mais conservadora. Justamente visando evitar riscos desnecessários.



Política e mercado financeiro: a inflação


Um conceito que sempre deve ser lembrado é que a inflação é o reajuste de preços de produtos e serviços.



Dado que decisões políticas interferem diretamente na subida ou descida da inflação, é fundamental acompanhar esse índice econômico por diversos aspectos, pois:

  • A forma como uma empresa monta e administra seu estoque, os valores cobrados por produtos e serviços, a capacidade de compra da população, tudo é regido pela inflação;

  • Quando decisões políticas acarretam aumento desse índice sem um aumento proporcional dos salários da população, a inflação representa a perda de poder de compra;

  • Visando tomar decisões inteligentes em relação a administração de seus bens e capital porque todas as políticas interferem diretamente na economia.


Movimentação da Bolsa de Valores: como a política interfere?


As decisões políticas interferem diretamente na flutuação de valores de ações de empresas que estão listadas na Bolsa.


Aliás, quando pensamos em política e mercado financeiro, talvez esse seja o exemplo mais nítido para a população a respeito da interferência política no cotidiano.


A influência da política no mercado financeiro se mostra muito forte. Em especial devido ao fato de que as ações estão sujeitas a especulações, opiniões e projeções de cenário.


Quando a mídia divulga, por exemplo, dados de pesquisa eleitoral é natural que isso se reflita rapidamente na Bolsa de Valores, ocasionando queda ou aumento nos preços de ações.


A variação de preços dos alimentos é um exemplo dos reflexos das decisões políticas no mercado e no cotidiano de todos. Da perspectiva dos negócios, essa dinâmica torna-se mais compreensível e pode ser controlada por meio de uma boa consultoria política.


Assim, é possível entender com riqueza de detalhes os cenários políticos e passar a utilizar esses dados a seu favor nas suas tomadas de decisões


Afinal, as decisões mais estratégicas para seu negócio e cotidiano devem partir de uma análise profunda da economia e cenário político, principalmente quando falamos em investimentos de riscos


8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Acompanhe nosso trabalho em:
® Metapolítica